Então chegamos a este momento em que estamos diante de uma possível revolução cultural e social baseada na tecnologia, em particular nos sistemas de comunicação. Neste cenário, tanto a internet como o marketing chegam aos 50 anos cada vez mais onipresentes, estabelecendo uma relação simbiótica,  em que a internet oferece novas ferramentas e novas técnicas, ao mesmo tempo em que o marketing define sistemas de relação cada vez mais complexos, entre pessoas, coisas, tecnologias, instituições e porque não dizer do individuo consigo mesmo.

kotler peruca
Philip Kotler durante lançamento da primeira edição de Administração em Marketing

Este deve ser o cenário mais desafiador para os profissionais da área desde quando os P’s foram definidos em uma época tão estranha aos dias atuais, que faz todo o sentido dizer que foi no século passado. Realmente, pensar no mundo analógico remete hoje em dia a algo como as perucas da aristocracia da era moderna.

Mudanças em todas as áreas não faltam e não param. Especificamente para o marketing, resumindo em quatro letras, o que mudou foi o foco: do produto para o consumidor, da oferta para a demanda, do emissor para o destinatário, dos nichos para os indivíduos. Mas porém contudo no entanto o marketing sempre se importou em adequar a oferta para o consumidor, a internet veio apenas como uma ferramenta a mais neste trabalho. Será?

“Marketing autêntico não é a arte de vender o que você faz mas saber o que fazer. É a arte de identificar e compreender as necessidades dos consumidores e criar soluções que tragam satisfação aos consumidores, lucros aos produtores e benefícios aos acionistas.” Kotler, Philip

Seguindo este pensamento o que se convencionou chamar de marketing digital é apenas a extensão do marketing tradicional no mundo online, sqn. Acreditar nisso está no mesmo nível de considerar a internet uma tv com milhões de canais. Entenda: o seu produto perfeito, com o preço exato, vendido em toda a esquina, conhecido por todos na galáxia tem uma opção viável. Se não é o mesmo produto, satisfaz igual. Veja a televisão x qualquer sistema de streaming de vídeo.

A internet é um sistema de interatividade. Dialogar com o cliente não é mais exceção, é a regra. Não se oferece mais um produto e se convence a pessoa de comprá-lo, o próprio consumidor faz isso. Caso não faça, não é seu cliente. E agora investi milhões em desenvolvimento, coloquei propaganda em todos os jornais, os caminhões já estão saindo, até pesquisei preço. !(ö)? Calma, sem pânico. Este blog e seu autor, querem ajudá-lo a entender as novas ferramentas e como usá-las. Isso será feito usando as próprias ferramentas, logo, esteja convidado a colaborar, trocar, criticar, xingar, trollar, não ler, contribuir, dar bom dia, ensinar… O foco está em você, mesmo que agora, enquanto escreve, o autor diga isso apenas para ele mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s