Vilfredo Pareto realizou um estudo em 1897 (fazem 120 anos só) em que percebeu que a distribuição de riqueza seguia uma proporção de 80% para 20%. Exatamente o que você pensou, 80% da riqueza nas mãos de 20% da população e vice-versa. Apesar de tentador, não vamos problematizar politicamente esta constatação. Não aqui, pelo menos. Desde então, o princípio vem sendo utilizado em quase tudo com sucesso. Isto inclui o marketing e seu componente digital.

Paretos-80-20-rule-400x400Basicamente, no marketing, o principio nos diz que 20% do esforço realizado resultara em 80% dos objetivos atingidos. Da mesma forma, 80% de todo o trabalho realizado, irá retornar 20% do que se buscar. A partir daqui, pega o pareto e atira em tudo: retorno da força de vendas, lucro gerado pelos produtos, reclamações dos clientes, cliques gerados pelas palavras-chave, conversão de leads para o conteúdo postado. compartilhamento nas redes sociais sobre as atualizações disponibilizadas, et ceteras, ceteras, ceteras.

O profissional de marketing, sempre pressionado por resultados, cercado por números e estratégias, olha pra um negócio desses e enxerga a solução dos problemas: investir nos 20% que dão resultado. Gênio. minions

Não vou ser chato e dizer que o próprio diagrama destrói essa ideia. Uma ilusão de grandeza as vezes é necessária. O diagrama pode ser aplicado a tantos parâmetros, que um cliente analisado em uma dimensão, por exemplo quantidade de itens adquiridos, será classificado nos 20% que que geram maior retorno. O mesmo cliente analisado de outra forma, por exemplo, lucratividade, pode não estar entre os 20%.

minion-whatPortanto, antes de segmentar o cliente, deve-se definir com muito cuidado os objetivos de marketing da empresa, para desta forma estabelecer quais parâmetros de análise serão utilizados. Uma postagem feita no blog Tribber propõe estabelecer a aplicação da lei 80/20 no marketing de conteúdo. São 4 etapas:

  1. Coletar dados- Manter um bom sistema de análise dos visitantes do seu blog.
  2. Identificar os 20%- Ta bom, não são necessariamente 20%. Deve haver a preocupação em verificar onde e sob quais parâmetros o seu conteúdo é acessado. Por exemplo, a maior quantidade de acessos acontece via e-mail na primeira hora da manhã.
  3. Ampliar os 20%- Em termos básicos, aumente a atuação nas mídias, plataformas, horários, dias, e outras dimensões que na etapa anterior foram identificas como 20%.
  4. Avaliar, melhorar, repetir- Rotina do marketing, né.

Não consigo evitar uma sensação meio maquiavélica fazendo este tipo de análise. Uma coisa tipo segrego mesmo, ou entra nos parâmetros, ou tá fora, não te atendo, HAHAHAHA. Sim, a risada aquela. Novamente, vou controlar a problematização filosófica em cima deste tema. Me lembrei de outra série do Netflix, 3%. Tem uma frase bastante impactante, que é como um slogan. Deixo ela aqui para inspirar os profissionais da área no quase sempre frustrante desafio de divulgar conteúdo na web: “Você é o criador do seu próprio mérito.3%.jpeg

Anúncios

Um comentário sobre “-E o Pareto, vai bem? -80:20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s