Por mais que se goste do assunto, por mais que haja satisfação em escrever sobre isso, mesmo sendo uma pessoa com marc no primeiro nome, tenho que admitir que escrever sobre mark_eting não é um hobby. imagesEntão se havia alguma dúvida sobre os objetivos deste blog, confirmo que é divulgar e apresentar meu trabalho nesta área. Este é meu laboratório de estudos em marketing, comunicação e tecnologia. Também é uma janela para a troca de informações, experiências e ideias, o que é a essência daquilo que se busca no marketing digital, ou seja compartilhamento e parceria para o crescimento mútuo.

marilyn lonesome
Vdd MM

A facilidade para usar boa parte das ações promocionais disponíveis através da internet, tornou a presença online uma constante para profissionais e empresas. Tanto que se tem a impressão de que este é um tipo de trabalho que pode prescindir de apoio profissional. the officeEm casos mais simples, isso é uma realidade, mas para uma abordagem real daquilo que o marketing digital oferece, a profissionalização do trabalho é essencial.

O bom marketing é único em cada situação que é aplicado. A quantidade de fatores que podem influenciar nas decisões da área são inúmeras, com a internet isso #sópiora. Os fatores atuais para definir uma estratégia de atuação e quais as táticas e ferramentas que serão utilizadas são diversos e as combinações possíveis inúmeras, de maneira que sempre há algo a aprender. O que torna a área bastante interessante, diga-se. Então, o primeiro passo para desenvolver um plano de marketing é uma análise minuciosa do cenário. Nesta análise entram clientes, concorrência, estratégias implantadas, situação geral do mercado, públicos de interesse, análise econômica financeira, recursos disponíveis, além de fatores inusitados (qualquer outra coisa que possa influenciar no resultado final do trabalho realizado). Acredite, sempre há algo e ignorar pode ser fatal.mortal kombat fatality

Para realizar esta análise são necessários captar dados atuais, inserir em sistema de tabulação, interpretar os dados para posteriormente definir a estratégia. Ferramentas para captação de dados não faltam. Na internet, os sites de pesquisa como o Google e as ferramentas de big data garantem dados para concorrência, clientes e mercado de maneira muito eficiente. Pesquisas rápidas podem ser realizadas com públicos de interesse através da web, ou mesmo via entrevista, formulário, enquete tanto online, como offline. Softwares para tabulação também estão disponíveis, sendo o mais famoso o Tableau, mas para uma situação de poucos dados o próprio MS Excel pode fornecer boas respostas. A interpretação dos dados depende de um hardware orgânico de última tecnologia desenvolvido durante alguns milhares de anos. Veja a imagem dele em funcionamento.

cerebro
Hardware orgânico para interpretação de dados

De posse das informações geradas a partir dos dados, inicia-se a fase de planejamento. Primeiro, são definidos objetivos de marketing, que irão delimitar todas as ações a serem tomadas. Os objetivos de marketing referem-se em geral à definição dos públicos que se quer atingir, lançamento ou impulso para algum produto, formação de leads, posicionamento de marca, lucratividade e vendas, entre outros. Posteriormente serão definidos os meios para atingir os objetivos. Definir detalhadamente estes meios é importante tanto para a implementação posterior, quanto para o monitoramento dos resultados. Os meios incluem as ferramentas e recursos, orçamento e disponibilidade financeira, as dimensões mercadológicas do produto (não é tamanho), tempo de cada ação, definição de promoções e publicidade, etc.

Chegamos ao momento de implementar as ações definidas no planejamento para cada objetivo de marketing. Algumas ações de marketing digital se não são obrigatórias, são essenciais para um bom trabalho: desenvolver um site com blog; criação e gerenciamento de página no Facebook e Linked in, além de conta no Twitter; estabelecimento de sistema de gerenciamento de relacionamento. Estas cinco ações são o básico para atuação em marketing digital. O site apresenta a empresa, seus produtos/serviços, formas de contato e, principalmente, leva conteúdo relevante para o público de interesse. O Facebook é a principal rede social da atualidade e dispensa comentários. O Linked in é a principal rede corporativa, onde se pode focar em negócios B2B com mais enfase. O Twitter permite agilidade na divulgação do conteúdo e na busca de insights para ações de promoção imediatas. O estabelecimento de relacionamento com o público e o gerenciamento disso é a ação mais importante que se pode implementar em termos de marketing digital. Esta ação acaba englobando todas as outras de alguma forma, sendo as redes sociais as principais ferramentas de relacionamento atual. Outras ações importantes são o email-marketing, utilização de mídias visuais (foto e vídeo), SEO, SMM, SEM, além da viralização. Outras redes sociais atendem a públicos específicos e não se pode ignorar a possibilidade de aplicativos para celular, ações coordenadas para envolvimento, como eventos, e estar sempre de olho em novidades, o que acontece frequentemente no mundo digital. Enfim, é quase nada, certamente o sobrinho do dono da empresa pode fazer isso tudo.

A última etapa é a mensuração dos resultados. Este é aquele momento em que você volta lá nos objetivos definidos e verifica cada uma das ações e sua efetividade. Delimitar os indicadores para isso faz parte da definição dos objetivos de marketing e devem ser pensados juntamente com as ações para atingi-los. Existem alguns indices que são básicos e dão conta de boa parte das análises necessárias principalmente para medir o ROI (retorno sobre o investimento). Estes índices são chamados de KPI, key performance Indicators. Os principais KPI’s são:

  • Leads
    • Quantidade e crescimento,
    • Custo por etapa e total,
    • Fontes (origem) e qualidade,
    • Conversão.
  • Assinaturas do blog e e-mail,
  • Visitantes, pageviews e engajamento,
  • Leitura e compartilhamento do conteúdo,
  • Quantidade de seguidores, curtidas, comentários,
  • Ranking nos mecanismos de busca.

Existem alguns outros indices que devem ser monitorados, sempre voltados para a avaliação das ações e sua efetividade com os objetivos de marketing. O fluxograma representativo do trabalho de planejamento em marketing, de acordo com o que foi apresentado aqui e que norteia a proposta de trabalho que eu me proponho é este:fluxograma estratégico

Esta postagem deu bastante trabalho para ser feita e não posso terminá-la sem falar da ironia que existe por trás do que foi descrito aqui. Afinal, a teoria costuma ser bem mais simples que a prática e a realidade bem mais frustrante que o imaginário. Então termino com um meme da página Marketing da Depressão que nos lembra que trabalhar com marketing, na prática, é muito mais transpiração do que inspiração. 403334_279777832058678_284030561_n

Anúncios

Um comentário sobre “Planejando em marketing, ou pelo menos tentando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s