Testeeeiii. Um bot de curtição no Instagram. \o/ bob esponja ninguém se importaMentira Bob, meus milhões de seguidores tão superinteressados, tá?!! :/

O Growsoci.al oferece 3 dias de teste do seu serviço de obtenção de seguidores no Instagram. Eu já havia comentado algo sobre esse tipo de serviço nesta postagem. Daí, o Facebook me ofereceu um cupom para anunciar ( a história está aqui ) e a campanha bombou mesmo no Instagram, para minha surpresa. Curte daqui, curte dali, segue um, outro e paah Pah_imgrecebe uma resposta automática por mensagem com a palavra mágica testegrátis. LoveEmoji Amamos e queremos mais. Mandem seus bots, apps, programas, gifs, textos, imagens, vídeos, links, sites, softwares, hardwares, e tudo o mais que for para ser testado por nós. Como este blog está sendo publicado a cerca de um mês, temos uma ótima possibilidade de verificar o retorno que esse tipo de serviço podepinky e cérebro.jpeg oferecer, já que ainda é discreta a penetração da Epidemia nas mídias sociais. Porém, assim como nosso amigos Pinky e Cérebro, esta noite (ou dia, depende)….

Primeiro vamos explicar sobre o que estamos falando. É sabido que um dos índices de sucesso numa rede social é a quantidade de seguidores. Também é sabido que um código informal da comunidade internética faz com que a melhor maneira de obter seguidores seja seguindo perfis (quem disse foi a superultra Sandi Krakouski). Desta forma diversas empresas ao redor do mundo se especializaram na automação da busca por “followers,” uma maneira de promover e melhorar o posicionamento do perfil neste importante índice do marketing digital. A lógica serve para todas as redes sociais; o teste que realizamos refere-se exclusivamente ao Instagram, daqui por diante referido como IG por questões de whatever.

Começamos a testar o “bot” da Growsoci.al no último dia 3, o período de teste se estendeu até o dia 6 (estamos em abril de 2017, caso você seja um viajante do futuro). de volta para o futuroQuando você olha para o “dashboard” (pronuncia-se déxiborrd, com erre de caipira), tudo parece muito fácil e divertido. Configura quem vai curtir, quem vai seguir, quem vai deixar de seguir e ai começam a aparecer as armadilhas desse tipo de automação. A parametrização da busca que será realizada inclui quais os perfis que são considerados de interesse comum, seu e dos que você pretende se aproximar. A própria operadora do serviço previne em seu vídeo explicativo que incluir perfis muito genéricos nesse parâmetro, como os perfis do próprio IG e do FB, não é recomendável. Lógico que eu coloquei todos os perfis genéricos possíveis. Neste momento, estou atrás de quantidade de seguidores, além da curiosidade a cerca do que viria. Atenção crianças: se forem brincar de maneira séria, analisem com muuuuiiito cuidado os perfis que atendem aos seus interesses. Adiante vou demonstrar porque.

Outro parâmetro que exige muito carinho e atenção são as tags. Tags são basicamente os interesses que você deseja nos seus seguidores. São sinalizadas na internet com o simbolo do sustenido #, tem uma historinha sobre isso nessa postagem. A mesma regra que vale para os perfis, valem para as tags, quanto mais genéricas e abrangentes forem, mais perfis você vai atingir. Por exemplo, digite #facebook em qualquer postagem feita do Instagram. Neste momento aparecem exatamente 10.840.394 publicações públicas com essa #. Teoricamente, o sistema irá buscar em todas estas publicações os perfis para serem seguidos, e acredite-me, você não quer isso. Repetindo: você não quer isso. Talvez o parâmetro mais óbvio para uma empresa sejam os locais marcados nas postagens. Em tese, a área geográfica de atuação da empresa dita em quais locais se quer que seus seguidores estejam. Afinal de contas, estamos falando de uma questão comercial, no fim o que se quer encontrar são clientes em meio aos seguidores.

O pensamento automático com relação aos seguidores é: quanto mais melhor. Afinal, mais seguidores ampliam a possibilidade de encontrar clientes. Esta é a grande armadilha deste tipo de abordagem em redes sociais. Adquirir milhares de seguidores, milhões de curtidas, só é um objetivo se for realmente um objetivo (de marketing). Ou no mínimo, uma tática para atingir um objetivo. Caso contrário, isto é desnecessário e como tudo na internet, pode trazer consequências não desejadas e, possivelmente, desastrosas para o que se busca.

No teste realizado, delimitei com cuidado a localização e tags, mas fui extremamente desleixado na determinação dos perfis que me interessavam. Tudo propositalmente, cabe ressaltar. O resultado me surpreendeu pela efetividade. O sistema basicamente curte postagens e segue perfis dentro dos parâmetros apresentados. O retorno em seguidores, depende da regra informal apresentada anteriormente: uma mão (me segue) lava a outra (te sigo). Claro, o seu conteúdo tem que estar adequado a quem você está buscando. Em números brutos nos 3 dias de teste, obtive 212 novos seguidores. Para isso, o sistema curtiu 1518 postagens e seguiu 1151 perfis. O próprio sistema deixou de seguir 561 perfis no período; há uma opção para deixar de seguir os perfis que não seguem de volta. Dai chegamos às curiosidades que o sistema configurado por mim trouxe, ei-las:

  • O sistema seguiu aproximadamente 15 perfis de contas do Oriente Médio, ou pertencentes a pessoas que escreviam em árabe.
  • Outros 10 perfis eram de russos.
  • O sistema seguiu também dois perfis de cães.
  • Aproximadamente 5% dos perfis eram de estrangeiros.
  • Após o período de testes, restaram cerca de 580 perfis que o sistema seguiu. Destes, fiz uma revisão no último dia 10, restaram 250 perfis de interesse para o blog. São perfis de caráter profissional.
  • Os perfis de empresas seguidos eram aproximadamente 30%, proporção que se inverte quando se verifica quem começou a seguir a Epidemia desde então.

Uma das boas aplicações que o sistema possui são as DM (direct messages) que podem ser enviadas para perfis específicos e para novos seguidores. É uma maneira bastante eficiente para estabelecer um contato imediato com os novos seguidores e instigá-los a executar alguma ação de interesse. Enviei uma mensagem de agradecimento e uma solicitação de sugestões de assuntos para o blog, se você é meu seguidor no Instagram provavelmente a recebeu. Até o momento recebi 7 sugestões de assunto, um número discreto, mas significativo na medida em que são pessoas completamente fora do meu circulo social. Isto nos leva a uma das questões chave do marketing digital e aquilo que ele pode e deve buscar: engajamento. Tenha em mente esta palavra sempre que pensar em atuar profissionalmente na web. Ah, sim, pretendo escrever sobre os assuntos sugeridos, nunca, nunca, nunca estabeleça uma relação baseada em algo que não vá cumprir. NUNCA.

Um efeito posterior do uso do serviço mostra a importância que ele pode ter principalmente para quem está inciando sua presença online. Após o término do teste continuaram surgindo novos seguidores, a maioria com perfis de interesse deste blog. Uma média de um novo seguidor por dia, novamente um número discreto, mas o assunto aqui tratado é bastante específico e direcionado para um público determinado. Além disso, lembrem-se que a quantidade de novos seguidores pode ou não ser um objetivo, focar na qualidade geralmente é mais importante para os negócios.

Finalmente, chegamos a conclusão de se perguntar se vale a pena utilizar este serviço. Ele certamente cumpre com o que promete, traz novos seguidores e proporciona uma penetração maior entre os públicos de interesse. Se pegarmos o custo do plano mais barato e aplicarmos no teste que realizamos, teremos um valor final de 3 centavos de real por novo seguidor. A questão final para investimentos desse tipo é se está em acordo com os objetivos de marketing e segundo se o retorno esperado é atingido.

Uma das poucas coisas  realmente ruins deste tipo de serviço é que, depois de usa-lo, acaba a inocência. Boa parte dos novos seguidores que chegam até o meu perfil certamente estão usando também um serviço semelhante e contando com o retorno em curtidas e novos seguidores. Mas isso isso pouco importa. Esta é mais uma maneira legitima de atuar na internet e conseguir novos negócios neste ambiente exige o uso de todas as ferramentas disponíveis.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Curtir é uma curtição também no IG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s